Homem-aranha

Wikis > Homem-aranha

1peter-parker-wiki

 

 

Homem-aranha

 

Surgimento

O Homem-aranha é um super-herói da editora americana de quadrinhos Marvel. Ele foi criado pelo famoso autor Stan Lee e pelo desenhista Steve Ditko, e apareceu pela primeira vez na revista Amazing Fantasy #15, de 1962.
A verdadeira identidade do Homem-Aranha é a do adolescente Peter Benjamin Parker. O fato de um super-herói principal ser retratado como um jovem já foi, em si, uma novidade trazida pelo Homem-Aranha ao mundo dos quadrinhos. Afinal, nos anos 60 os heróis mais jovens eram sempre retratados como personagens secundários, “ajudantes” dos heróis principais. Esse é o caso, por exemplo, de Bucky – ajudante do Capitão América, e de Robin – ajudante do Batman.
Como o Homem-aranha não tem um mentor, mas descobre aos poucos seu próprio caminho, ele foi um herói com o qual muitos adolescentes dos anos 60 puderam se identificar. Em suas historias, ele tem que lidar com sentimentos de solidão, com a sensação de que não se encaixa em lugar nenhum, e tem que descobrir como lidar com seus novos poderes e com suas consequências.

História
Peter Parker surge como um órfão. Seus pais, Richard e Mary Parker, morrem em um acidente de avião, o que deixa Peter para ser criado por seus tios – May e Ben. Peter vive com seus tios em Forest Hills, na região do Queens, em Nova York. Ele é um adolescente apaixonado por ciências. Em uma determinada exposição científica, ele é picado por uma aranha radioativa, e ganha super poderes: força e a habilidade de escalar paredes. 
Inicialmente, Peter vê seus novos poderes apenas como uma oportunidade de melhorar de vida. Ele cria um pseudônimo e uma fantasia, e começa a ganhar dinheiro exibindo suas habilidades. Porém, sua irresponsabilidade e indiferença acabam resultando em uma terrível tragédia; Peter se omite em parar um bandido em fuga, e o mesmo bandido acaba assassinando seu tio Ben. Esse fato leva Peter a se tornar, realmente, o super-herói Homem-Aranha e entender o significado das palavras de seu tio de que: “Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”.
Mesmo com sua vida secreta como herói, Peter ainda enfrenta problemas normais, como uma rivalidade com o colega de escola Flash Thompson, idas e vindas amorosas com a namorada Gwen Stacy, o chefe complicado J. Jonah Jameson e um melhor amigo um pouco atormentado, Harry Osborne. Conforme a história de Peter e sua vida como o Homem-Aranha se desenvolvem, ao longo de mais de 50 anos de publicação e diferentes revistas e linhas de história, estes personagens ganham mais e mais complexidade. Além disso, muitos outros também se juntaram ao universo do super-herói.
Entre os muitos acontecimentos vistos ao longo da história do Homem-Aranha, ele inclusive já “morreu”, na revista The Amazing Spiderman #700. Porém, ele retornou na edição final de The Superior Spiderman.

Principais inimigos
O Homem-Aranha tem uma lista de inimigos bastante longa. A maior parte deles surgiu com o uso incorreto de superpoderes resultantes de acidentes científicos. Os principais são:

– Duende Verde
O Duende Verde apareceu pela primeira vez em The Amazing Spiderman #14. Ele foi um super-vilão encarnado por muitas pessoas, mas o primeiro e mais importante homem a vestir essa mascara foi Norman Osborne, pai do melhor amigo de Peter, Harry Osborne. Com o desenrolar da história, Norman é derrotado e acaba sendo morto acidentalmente por seu planador, e o próprio Harry eventualmente se torna o Duende Verde.
Os poderes do Duende Verde são obtidos através de um composto químico chamado de “Goblin Formula”, além de uma serie de acessórios tecnológicos. Ele tem força, velocidade, resistência, capacidade de regeneração e inteligência acima do normal, mas o uso da fórmula custa a sanidade do indivíduo que se torna o Duende Verde.

– Dr. Octopus
A identidade real do vilão Dr. Octopus é Dr. Otto Gunther Octavius, um cientista louco que apareceu pela primeira vez em The Amazing Spiderman #03. Otto era um brilhante físico nuclear, professor e inventor. Porém, Otto teve uma vida pessoal atribulada desde a infância, e seu temperamento piorou quando sua mãe morreu e seu noivado com a mulher que ele amava acabou.
Como resultado, Otto se tornou menos cuidadoso em seu trabalho, o que levou a um terrível acidente. Foi nesse acidente que os tentáculos robóticos que Otto usava para trabalhar se fundiram ao seu próprio corpo, dando superpoderes ao cientista.

– Venom
Venom, o Simbionte, é uma criatura alienígena quase sem forma que precisa ocupar um hospedeiro para sobreviver – ao mesmo tempo que aumenta os poderes desse hospedeiros. A criatura juntou-se a vários inimigos do Homem-Aranha. O primeiro a agir como Venom foi, na verdade, o próprio Peter Parker.
O Simbionte apareceu pela primeira vez na revista Marvel Super Heroes Secret Wars #8. Quando finalmente Peter consegue se livrar da criatura, fica claro que Venom é vulnerável ao fogo e ao som. Em seguida, ele passa a habitar o corpo de Eddie Brock. Venom assume uma aparência muito parecida com a do Homem-Aranha, exceto pelas cores, preto e branco.

Namoradas
Ao longo de sua adolescência e vida adulta, Peter Parker tem uma serie de relacionamentos. Dois deles, porém, são particularmente marcantes para sua personalidade como Peter e também como Homem-Aranha.

– Gwen Stacy
Gwen Stacy é a primeira namorada marcante de Peter Parker. Ela apareceu pela primeira vez em The Amazing Spiderman #31 e foi morta pelo Duende Verde na edição #121. Mesmo assim, ela ainda é mencionada em historias muito posteriores a sua morte, o que indica o quanto ela foi importante no desenvolvimento de Peter e do Homem-Aranha.
Eles se conhecem enquanto estudam juntos na Empire State University. O relacionamento dos dois foi muito atribulado, especialmente por que o pai de Gwen foi morto durante uma batalha entre o Homem-Aranha e Dr. Octopus. Gwen morre sem saber que Peter Parker e o Homem-Aranha são a mesma pessoa.

– Mary Jane Watson
Mary Jane, ou M.J., aparece pela primeira vez em The Amazing Spiderman #15. No começo, ela não tinha um relacionamento com Peter, já que ele estava namorando com Gwen Stacy. Porém, com a morte de Gwen, os dois se aproximaram mais – até o ponto em que Mary Jane descobriu a identidade secreta de Peter e, mais à frente, os dois se casaram e constituíram uma família.
Embora haja muitas discussões sobre qual dos relacionamentos de Peter foi mais significativo – Gwen ou Mary Jane, M.J. com certeza se aproximou mais dele, como amiga e companheira.