Demolidor

Posted on: Abril 6th, 2015 by Equipe HnP No Comments

demolidor

 

Demolidor (Daredevil)

O Demolidor é um super-herói da editora de quadrinhos Marvel. Ele surgiu pela primeira vez já com um título próprio, no ano de 1964, criado pela dupla Stan Lee e Bill Everett. O Demolidor, o homem sem medo, é um personagem interessante, pois chegou em segundo lugar para duas coisas importantes: o segundo super-herói cego, perdendo o “pódio” para o Doutor Meia-Noite, e também o segundo personagem a ser chamado de Daredevil – seu nome na versão original, em Inglês.

História

“Daredevil”, porém, é somente seu codinome. Sua identidade real é Matthew Murdock, um adolescente que apresentava desempenho extraordinário nos estudos e nos esportes. Porém, Murdock sofre um acidente envolvendo um caminhão de lixo tóxico, que poderia matá-lo e acaba tirando sua capacidade de enxergar.

Sem a visão, os outros sentidos de Matt Murdock são aguçados a um nível super-humano. Depois de tornar-se adulto e aprender a controlar suas habilidades, Murdock assume a identidade do super-herói Demolidor com o desejo de vingar seu pai, Jonathan Murdock – também conhecido como o boxeador “O Batalhador”.

Jonathan Murdock foi morto de maneira banal enquanto Matthew ainda era um adolescente, por se recusar a perder uma luta de propósito. Esse assassinato é o empurrão que falta para tornar Matthew Murdock em um justiceiro. Durante o dia, ele trabalha como um advogado; mas à noite, usando suas novas habilidades incríveis de tato, olfato, paladar e audição, ele sai em patrulha por Nova York detendo diversos criminosos.

Principais inimigos

Wilson Fisk

Fisk é um mafioso bem-sucedido conhecido como “O Rei do Crime”. Ele controla o crime em Nova York, e é um inimigo recorrente tanto do Demolidor quanto do Homem Aranha. Ele é retratado como sendo um manipulador que consegue sempre ficar fora do alcance da lei. Fisk com certeza pode ser considerado o maior arqui-inimigo do Demolidor, inclusive sendo um dos poucos que conhecem sua verdadeira identidade como Matthew Murdock. Isso permite que Fisk, usando seus contatos e influência, não apenas crie planos para matar o super-herói, mas também encontre maneiras de atrapalhar sua vida e sua carreira como civil.

Mercenário

O Mercenário, assim como Wilson Fisk, é um super-vilão que não tem realmente o que poderíamos chamar de “super-poderes”. Em vez disso, ele tem uma grande habilidade para utilizar qualquer objeto que possa ser arremessado como uma arma letal. Usando essa habilidade e sua sede psicopática por sangue, ele se torna um matador de aluguel. A inimizade entre Mercenário e Daredevil se deve principalmente ao fato de que Mercenário matou Elektra, interesse amoroso de Matthew Murdock – e este por sua vez, em uma batalha subsequente, é responsável por um acidente em que Mercenário cai de um arranha-céu, fraturando a espinha e tornando-se (temporariamente) paraplégico. Depois disso, uma obsessão se desenvolve entre eles, que voltam a enfrentar-se constantemente.

Aliados

Elektra Natchios

Elektra é uma ninja de descendência grega, que conhece Matt Murdock quando ambos estudam na Universidade de Columbia, em Nova York. Então, eles começam a namorar. Porém, um ano depois, Elektra e seu pai – Hugo Natchios, o embaixador da Grécia nos EUA – são raptados por terroristas. Embora Murdock tente salvá-los, as coisas não saem bem e Hugo acaba sendo morto. Já sem fé nem esperança, Elektra – que tivera uma vida muito complicada durante a infância – acaba largando a faculdade, e vai para a China, onde estuda artes marciais. Ela é treinada e se torna uma assassina, e nessa situação reencontra Murdock – que agora é Demolidor. Eles mantém uma espécie de relacionamento, enquanto suas identidades como heróis se cruzam várias vezes, do mesmo lado ou de lados opostos. Até o incidente em que Mercenário mata Elektra. Ela vem a ser ressuscitada posteriormente, mas não há indicações de que ela e Daredevil tenham se reencontrado depois disso.

Ben Urich

Bem Urich é um jornalista investigativo do jornal O Clarim Diário, que mantém uma relação de amizade com Matt Murdock e sabe a respeito de sua identidade como Demolidor. Existe uma forte confiança entre eles, como mostrado na série Circle of Blood – em que, embora ameaçado por Wilson Fisk, ele se recusa a dizer quem Daredevil realmente é. Em outra situação, quando a identidade do Demolidor é exposta na mídia, ele se recusa a confirmar a informação para J. Jonah Jameson. Graças a esse laço de confiança, em vários momentos Matt Murdock e Urich servem como fonte de informações um para o outro – o que acaba resultando na exposição e captura de supervilões que tentam se passar por empresários, como Wilson Fisk e Norman Osborne.

Homem-Aranha

O Homem-Aranha é, entre os super-heróis, o mais importante e frequente aliado do Demolidor. Existe um laço entre eles, principalmente através de Ben Urich, um conhecido e amigo em comum. Eles se encontram pela primeira vez na edição 16 da revista Daredevil, em que uma carta do Homem-Aranha acaba acidentalmente revelando sua identidade secreta. Depois disso, uma série de cross-overs ocorrem nas revistas de ambos. Além de colaborarem em suas histórias mais específicas, Demolidor e o Homem Aranha ainda compartilham alguns super-vilões, como O Rei do Crime. A amizade entre eles se fortalece ao longo do tempo, e em determinado ponto ambos conhecem a identidade secreta do outro.

Superman (Super-Homem)

Posted on: Março 15th, 2015 by Equipe HnP No Comments

superman

Superman (Super-Homem)

Primeira aparição: Action Comics #1 de 1938

Primeira revista própria: Superman # 1 de 1939

Nome verdadeiro: Kal- El

Identidade Civil: Clark Kent

Poderes: Super-Força, Invulnerabilidade, Super-Velocidade, Audição Ampliada,Visão de Calor,Visão de Raio X,Visão Microscópica,Visão Telescópica, Vôo, Sopro Congelante.

Fraquezas: fragmentos radioativos do planeta Krypton conhecidos como Kryptonita.

Há várias cores desta pedra e ao entrar em contato com as mesmas, cada uma delas provoca um efeito colateral no nosso herói. Dentre as mais conhecidas podemos citar:

  • Kryptonita Verde: é a mais comum, é fatal a qualquer Kryptoniano, causa fortes dores e pode levar a morte se a Exposição à sua radiação for prolongada. Também afeta seres humanos caso fiquem expostos a radiação durante algumas horas. Ela também tem sua forma amplificada, a ultra kriptonita.
  • Kryptonita Vermelha: criada quando uma chuva de meteoros de kryptonita verde passou por uma estranha nuvem de gás vermelho. Causa uma de muitas mutações imprevisíveis em nível físico e mental em kryptonianos: pode alterar as emoções do Super-Homem. Os efeitos duram de 24 a 48 horas, e nunca se repete um mesmo efeito. Aparentemente, cada pedaço de kryptonita vermelha só podia afetar um kryptoniano uma única vez, necessitando outro pedaço para um novo efeito (mas que nunca seria o mesmo)
  • Kryptonita amarela: Faz com que o kryptoniano perca os poderes permanentemente.

Além destas pedras o homem de aço não consegue lidar muito bem com magia, pois seus poderes falham ao enfrentar seres mágicos ou ao entrar em contato com algum objeto místico.

Ele também tem seus poderes enfraquecidos e até mesmo anulados quando está sobre um sol vermelho. Geralmente isso acontece quando ele enfrenta um bando de aliens, um predador ou qualquer outro inimigo em um crossover absurdo.

Grupo Filiado: Liga da Justiça

Arqui-Inimigo: Lex Luthor

Principais Inimigos: Darkside, Braniac, Parasita, Mr. Mxyzptlk, Mettalo, General Zod e Bizarro.

Planeta Natal: É considerado o último filho de Krypton, pois este planeta foi destrúido logo após o seu foguete sair de órbita.

Cidade de Criação: a pacata e aconchegante Pequenópolis( SmallVille).

Fonte do Poder: O Azulão não passa de uma tremenda bateria solar! Ao receber raios de luz proveniente de um sol amarelo, seu corpo a converte em todos os seus super poderes. Parte desta energia é armazenada, o que permite nosso herói lutar em um dia de chuva ou mesmo em uma noite de lua nova, porém, após grandes períodos sem luz solar como mostrado na saga A noite Final seus poderes começam a falhar, correndo o risco de se transformar em um humano qualquer.

Ocupação Civil: Repórter do Clarim Diário

Area de Atuação: Nosso amigo vaga por todo universo, mas sente um carinho pela Terra com especial atenção para a cidade de Metrópolis, onde podemos vê-lo com mais frequência, sempre destruindo um prédio ou outro durante uma luta com algum inimigo.

Histórico do personagem:

Era de ouro

Nos indos de 1938 Superman faz sua primeira aparição. Vindo de um planeta que acabara de ser destrúido ele viaja pelo universo e chega à Terra ainda bebê. Por um capricho do destino é encontrado por seus pais adotivos Jonh e Marta Kent na cidade de pequenópolis. Seus pais de criação tem fundamental importância na formação do caráter e personalidade de Clark Kent, seu alter ego. Com sua criação em uma fazenda ele aprende os valores morais os quais, somados aos seus incríveis poderes, o transformarão no maior herói de todos os tempos.

Em suas primeiras aventuras ele se apresentava em uma versão um pouco mais agressiva e bem humorada, diferente do “bom moço” e “escoteiro” que geralmente atribuímos a ele. Seus poderes, mesmo fantásticos, não eram como os de um semi- deus. Ele saltava um arranha-céu em vez de voar, conseguia erguer um carro mas não uma ilha e corria um pouco mais rápido que uma locomotiva.

Suas aventuras tinham grande apelo social e chegou até mesmo ser procurado pela polícia.

Era de prata _Quase um Deus.

Foi Neste período que o azulão se tornou tão poderoso que praticamente não havia reais ameças diante do seu poder. Suas histórias focaram-se mais em aventuras de ficção científica e comédia e menos em aspectos sociais. Sua personalidade passou a ser mais certinha e tornou-se um paizão. Por influência do Comic Code Authorithy Superman virou o bom moço que conhecemos hoje em dia . “Verdades absolutas” como “O Superman não mata em hipótese alguma” tornaram-se cânones nesta época.

Na era de prata há uma fase muito importante do homem de aço que é a introdução do passado do personagem como “Superboy”. Nesta fase ele conhece os integrantes da Legião dos Super Heróis, uma equipe de um futuro longícuo que, inspirada no mito do Super Homem de séculos passados, volta ao tempo algumas vezes para pedir ajuda à versão mais jovem do Super. Para não prejudicar o fluxo cronológico de Kal-el estas aventuras sempre se iniciavam com os integrantes da Legião abrindo algum portal temporal, buscando Superboy e após a conclusão da batlha ou derrota do inimigo os heróis do futuro traziam o jovem Clark apenas alguns segundos após a viagem para o futuro.

Neste período foram introduzidos vários mascotes como Krypto, o supercão, Beppo, o Super-Macaco, Cometa, o Super-Cavalo, e Raiado, o Super-Gato. Juntos, formavam a Legião dos Superanimais de Estimação.

Além dessa bicharada descobrimos que Kal-el não era necessariamente o último ser de Krypton e ele acaba por conhecer Kara-El, sua prima. Ela havia sobrevivido à explosão de Krypton pois Argo City, a cidade em que morava, conseguiu permanecer intacta em sua redoma protetora. Quando, ao passar por uma chuva de meteoros, a aboboda e o solo de Argo City foi perfurado, radiação de kryptonita começou a vazar pelo solo. Isto foi matando os kryptonianos e como último recurso, Zor-El enviou Kara ao planeta Terra para se salvar na única nave existente.

Era de Bronze _Diminuição dos poderes e uma promoção!

Até o início dos anos setenta o Homem de Aço estava tão poderoso que praticamente não havia uma ameaça real capaz de fazê-lo atrapalhar aquele topetinho.

Até que, em 1971 Superman passou por uma revolução em sua vida. Seu alter ego obteve uma promoção e tornou-se âncora do telejornal da Rede Galaxia.

Em contra partida, enquanto alguns cientistas realizavam uma experência para tentar transformar a Kryptonita em uma fonte energética, Superman, ao chegar neste laboratório, presencia um acidente que ocasionou numa explosão atômica. Esta explosão resultou na transformação de toda Kryptonita em ferro. Assim Superman não tinha mais com que se preocupar com sua única fraqueza, mas acabou perdendo metade de sua superforça e dos outros poderes.

Com a explosão Superman foi lançado para longe, no meio do deserto. No local de sua queda surge um novo vilão conhecido como Superman de Areia que sugava os poderes do Homem de Aço original.

Com seus poderes reduzidos suas histórias focaram-se em questões morais e nas interações interpessoais, principalmente com Lois Lane.

Também neste período a humanidade se questionou se o Superman deveria existir e viver em nossa terra, interferindo e mudando fatos que seriam impossíveis de serem alterados sem a sua participação.

Crise nas Infinitas Terras e a Reformulação (polêmica) de John Byrne

Após a batalha e vitória de todos os heróis contra o antimonitor que ameaçou destruir todo o multiverso existente, um novo e unificado universo surgiu e com certeza o herói que mais foi impactado com estas mudanças foi Superman. Novamente ele tornou-se o único sobrevivente de Krypton, seus mascotes, sua prima e Kandor nunca existiram, seu poder foi bastante reduzido e passou a ter uma grande fraqueza com relação a elementos mágicos.

Seu planeta Natal passou a ser retratado como um lugar frio e sem emoções.

Clark Kent passou a ter uma relevância maior do que o próprio homem de aço, deixando de ser o cara tímido e tranformando-se em um repórter e romancista famoso.

Neste período ele se tornou um personagem mais parecido com heróis do padrão Marvel do que o maior herói de todos os tempos.

Ele perdeu um pouco de sua força inspiradora por não fazer mais parte da Liga da Justiça mas em contra partida retomou à sua origem por voltar às histórias com maiores peocupações sociais, enfrentando problemas como ataques terroristas, gangues e tráfico de drogas.

Após um tempo a Legião dos Super-Heróis voltou a fazer parte da realidade do Superman, isso se deu através do Universo Compacto onde existiam apenas o planeta Krypton e a Terra com sua mitologia Pré-Crise. Nesta realidade, Superman, voltou a ter sido Superboy na juventude e se encontrava com a Legão dos Super Heróis.

A Supermoça, acabou voltando também mas numa versão diferente: ela era uma matriz de protoplasma capaz de alterar sua forma, dotada de poderes telecinéticos.

Após um tempo o Universo compacto acabou sendo destrúido e Superman, por ser incapaz de evitar tal destruição, orquestrada por criminosos fugitivos da zona fantasma, acaba por assasiná-los quando estes já estavam rendidos.

Essa fase gerou várias polêmicas, desagrandando grande parte dos leitores e dos editores da revista o que ocasionou no fim da fase de John Byrne.

Anos 90

Após todos estes dilemas, mesmo se tornado um personagem mais semelhante com os heróis “falhos” da Marvel do que com o Panteão dos grandes heróis da DC Superman voltou a viver boas aventuras,

Sua relação com personagens secundários acabaram por enriquecer a vida de Metrópolis

O Super-Homem alcançou redenção exilando-se no espaço, onde também aprendeu mais sobre sua herança kryptoniana.

Sua relação com Batman, mudou da amizade para um respeito mútuo.

Em meados da década de noventa o Super-Homem viu-se privado de seus poderes, e pôde repensar sua relação com Lois Lane, pedindo-a em casamento. Num final surpreendente, ela aceita o pedido.

O enlace entretanto acabou sendo adiado devido ao surgimento de uma grande ameaça, a força indestrutível de Apocalypse.

A Morte do Superman (ou o dia em que o super homem foi notícia no jornal nacional)

Enquanto Superman dava uma entrevista a uma rede de TV, uma criatura misteriosa surge em uma região afastada e, sem mais nem menos, começa a destruir tudo o que encontra em seu caminho, rumando em direção à Metrópolis.

Esta criatura tornou-se conhecida como Apocalypse a qual deixou um grande rastro de destruição e arrebentou todos os integrantes da Liga da Justiça à época.

Após longo embate, Superman descobre uma maneira de ferir o inimigo e em um último e desesperado esforço, ele consegue nocautear a criatura.

Apocalypse tomba, e o homem de aço, exaurido, acaba falecendo nos braços de sua amada Lois Lane.

O que parecia impossível acontece: o maior herói de todos os tempos estava morto! Vida longa ao Superman!

Os dias que se seguiram foram para resgate de todos os feridos durante a batalha e de muita tristeza em todo o planeta pela morte do nosso maior heroi.

O Retorno. Lá e de volta outra vez, Só que com Mullets!

Mas, logo após o seu funeral, surge em nossa terra quatro superseres usando o emblema do “S” no peito alegando serem uma nova versão do Super Homem. Mais tarde descobriu que se tratavam de seres diferentes, cada um com seus próprios objetivos.

Eram eles: o Superciborgue , o Kriptoniano (que na verdade era a incorporação do Erradicador, um artefato Kriptoniano que já havia dado vários problemas ao Super),Aço (que vestia uma armadura em uma homenagem ao falecido) e Superboy, uma versão jovem que na verdade era um clone do projeto Cadmus.

Esta saga foi de vital importância para outro grande herói. Hal Jordan, o Lanterna verde do nosso setor espacial, teve sua cidade natal, Coast City, totalmente destrúida pelo alienígena Mongul, que logo mais revelou-se um parceiro do Superciborg ,que na verdade era um vilão.

Devido à desgraça, Hal enlouquece e surge algum tempo depois como o vilão Paralaxx.

Descobre-se então que Superman era exatamente igual à uma bateria solar e que não estava morto, simplesmente “descarregado”, sem reservas energéticas após o confronto com Apocalypse.

Como estava enfraquecido ele retornou todo estiloso (só que não), com mollets, roupinha preta e vários trabucos de enorme calibre.

Com a juda de Superboy e Aço ele escurraçou o superciborge e mais uma vez trouxe paz ao planeta Terra.

Coincidentemente, Clark Kent voltou dos mortos, na verdade ele estava preso nos escombros da luta entre Super e Apocalypse há várias semanas, sendo inclusive salvo pelo próprio Superman! Esta é a versão oficial mas o que aconteceu de verdade foi que a Supermoça, que possuia poderes transmorfos nesta época, se transformou no repórter e simulou o resgante por Superman diante das câmeras.

Casamento

Após viver todas estas grandes confusões no melhor estilo sessão da tarde, o azulão finalmente consegue realizar o seu maior sonho: Casar-se com Lois Lane. Mas não ouve grande estardalhaço pois o casamento ocorreu entre Clark Kent e a reporter.

É um raio? Um laser?? Um sabre de LUZ??? Nããããão é o Superman Eletrico! WTF?

Nosso amigo Super estava tranquilo, levando a vidinha de recém-casado quando o céu escureceu e ele percebeu que o Sol havia “esfriado”. Este período foi conhecido como a Noite Final e fez com que, devido a ausência da energia solar, nosso herói perdesse os poderes.

A derrota do vilão Devorador de Sóis se deu por Hall Jordan, que havia se transformado no vilão Parallaxx mas consiguiu redenção após se sacrificar neste embate.

Com isso Superman sofre uma terrível mutação e se torna um ser de pura energia, sendo forçado a usar uma roupa especial de contenção.

Um Superman é bom, dois é… DEMAIS!!! WTF2???

Como se já não bastasse toda essa zona na vida de Kal-el, ao enfrentar novamente o Superciborg, o homem de aço, que agora era o homem elétrico, acabou sendo dividido em dois homens de aço, digo, elétricos. Surgiu então o Superman Elétrico Azul, mais bonzinho e gente boa e o Vermelho, mais agressivo.

Felizmente essa fase não dura muito e nosso herói acaba sendo reunificado e voltando às suas características e poderes principais.

Não tão super assim (anos 2000) e… mais um a crise!

Com o início dos anos 2000, o vírus Braniac 13 infecta toda a cidade de Metrópolis e a tranforma em uma cidade do futuro com edifícios inteligentes, carros voadores e tudo mais que uma cidade do amanhã tem.

Lex Luthor acaba conseguindo o controle dessa tecnologia e elege-se presidente dos EUA o qual acabou tendo papel importante na resistência contra o vilão Imperiex no evento conhecido como “Nossos Mundos em Guerra”.

Mais uma Crise se aproximou, desta vez conhecida como “A Crise Infinita” e após a mesma ressurgem personagens como o Superboy primordial, e o Superman da Terra Primordial, este bastante amargurado após a morte de sua amada Lois Lane.

A guerra que alterou todo o universo foi vencida e a história deu o salto de um ano em que o Superman ficou sem poderes.

Nesta sua nova versão, Superman havia sido o Superboy em sua juventude e com isso participu ativamente das aventuras da Legião dos Super Heróis. Ele possuia uma fortaleza da solidão toda cristalizada.

Tempos depois Clark e Lois adotaram o filho do General Zod,ocasionando o retorno dos Kryptonianos, graças à luta derradeira entre Brainiac e o herói. Com a derrota de Braniac, Kal-el não só conseguiu salvar a cidade de Kandor como recuperar seu tamanho original e trazer os sobreviventes para a Terra, onde fundaram a Nova Krypton em órbita do nosso planeta. Assim, Superman foi morar com sua espécie.

Sentido-se ameaçados pelos novos vizinhos os governos da Terra organizaram um ataque à Kandor e isso fez com que todos os Kriptonianos se mudassem para um outro planeta que circundava nosso sol amarelo.

Alura, mãe de Supergirl e líder dos kryptonianos, resolve libertar Zod da Zona Fantasma e, em um de seus primeiros atos, o vilão manda prender Kal por traição. Sob o comando de Zod, os Kryptonianos resolvem invadir a Terra mas, no final, Zod retorna para a Zona Fantasma e Kal resolve voltar a viver como Clark entre os humanos.

Um tempo depois o Universo sofre uma nova ameaça espaço-temporal e acaba sendo reiniciado.

Novos 52, lá e de volta outra vez de novo, só que não!

No começo desta nova fase de sua vida (ou até mesmo encarnação), Superman é mais jovem e não tão bonzinho como nas versões das últimas décadas. Seus pais agora estão mortos, ele mora em uma pensão e anda por aí com suas calças rasgadas combatendo pequenos crimes. Ainda não é possível saber se ele foi Superboy mas com certeza participou de aventuras com a Legião dos Super Heróis. Após cinco anos ele adota um uniforme moderno e funda, meio que acidentalmente, a liga da justiça com outros jovens heróis.

REFERÊNCIAS:

Naruto

Posted on: Março 14th, 2015 by Equipe HnP No Comments

naruto-wiki

 

Naruto

 

Surgimento

Naruto Uzumaki é um personagem criado pelo mangaka Masashi Kishimoto, e personagem principal do manga Naruto, publicado pela editora japonesa Shueisha na revista semanal Weekly Shounen Jump entre os anos de 1999 e 2014.
Na história, Naruto começa como um jovem órfão de 12 anos, nascido e criado na vila ninja Konoha. Ele tem uma personalidade forte, impulsiva e age de maneira impensada na maioria das vezes.
Naruto é rejeitado por todos em sua vila, por motivos que não ficam claros a princípio. Movido por seu desejo de ser aceito e reconhecido, ele estabelece que seu maior sonho é se tornar um grande ninja e o chefe da vila, posto que recebe o nome de Hokage. Infelizmente, ele não demonstra muita aptidão a princípio, embora seja muito determinado e treine mais do que todos os outros alunos da academia ninja.
Ao longo da história, Naruto descobre a verdade sobre seu próprio passado e também se desenvolve aos poucos, chegando cada vez mais perto de realizar seu sonho. Além disso, ele também começa a se conectar mais a outros, formando laços de amizade e respeito, e deixando para trás sua infância de solidão e isolamento.

História (Contém Spoiler)
Conforme o mangá avança, descobrimos muitos aspectos do passado de Naruto. Um dos aspectos mais interessantes é o fato de que ele é, na realidade, filho do líder mais poderoso que a vila ninja de Konoha já teve, o Quarto Hokage – Minato Namikaze.
Já a mãe de Naruto, também uma ninja, foi Kushina Uzumaki, da vila ninja de Uzushio. Kushina era também a hospedeira de um demônio jinchuuriki, a Raposa de Nove-Caudas, ou Kyuubi. O demônio ficava selado em seu corpo e, assim, sob controle.
Quando Kushina estava prestes a dar a luz, houve um ataque por parte de um ninja inimigo, que acabou levando à liberação da Kyuubi – a qual atacou a vila de Konoha, causando grande destruição. Minato conseguiu selar o demônio dentro do corpo de seu filho recém-nascido, mas o incidente custou a vida dos pais de Naruto. E assim, ele acabou órfão e também segregado por quase todos na vila, que o viam como uma ameaça devido ao demônio preso em seu corpo.

Principais mentores
Ao longo de sua história, Naruto encontra muitos ninjas, e acaba aprendendo alguma coisa com todos eles. Porém, ele tem alguns mentores principais, figuras extremamente importantes na sua jornada para descobrir a si mesmo e crescer para tornar-se um grande ninja.

Iruka Umino
Iruka foi o professor de Naruto na academia ninja. Ele tornou-se uma espécie de irmão mais velho para Naruto, ensinando a ele a importância e o significado da bandana para um ninja e, mais tarde, entregando a Naruto sua primeira bandana quando ele finalmente se tornou merecedor do título de genin (o rank mais baixo de ninja).
Mesmo depois de Naruto tornar-se genin, graduando-se na academia ninja e passando ao treinamento de chuunin (o segundo rank de ninja) com Kakashi, os dois continuavam a se encontrar para conversar e comer ramen, a comida favorita de Naruto.

Kakashi Hatake
O segundo professor de Naruto, depois que ele já havia recebido o título de genin e se graduado na academia ninja. Kakashi sempre foi uma figura misteriosa, mas ganhou o respeito de Naruto graças a suas inegáveis habilidades como ninja.
Muitas vezes é possível ver, no anime ou mangá, alguma discussão divertida entre eles, já que Kakashi muitas vezes trata Naruto como um tolo, enquanto o próprio Kakashi age de maneira relaxada, sempre chegando atrasado e lendo livros eróticos. Mesmo assim, Kakashi é considerado um dos melhores ninjas de Konoha, e Naruto cresceu muito durante o período em que foi seu aluno. Quando Naruto passa a treinar com Jiraya, Kakashi se dedica mais de perto ao treinamento de Sasuke, ensinando a ele uma de suas principais técnicas: o chidori.

Jiraya
Jiraya é um dos três sannin, os três lendários ninjas. Com ele, Naruto aprendeu sua principal técnica, o Rasengan, e também a habilidade de invocar os sapos de Monte Myouboku como aliados.
Assim como acontece com Kakashi, a relação entre Naruto e Jiraya envolve respeito e também provocações. Naruto frequentemente chama Jiraya de ero-sennin, algo como “velho safado”.
Um aspecto interessante é que a relação de Jiraya com sua equipe quando era mais novo, e também sua personalidade, é muito similar à dinâmica que vemos entre Naruto e seus companheiros, Sasuke e Sakura. Esse é um dos motivos que levam à formação de um forte vínculo de mentor e aprendiz entre Jiraya e Naruto.

Parceiros e amigos
Naruto lutou ao lado de muitos ninjas, mas seus primeiros parceiros foram Sasuke e Sakura, com quem ele formou uma equipe para treinar e para competir no exame chuunin.

Sasuke Uchiha
Sasuke e Naruto tem uma relação que fica entre a amizade e a rivalidade. Sasuke, assim como Naruto, é um órfão e isolado de todos. Porém, diferente de Naruto, ele somente está isolado dos demais por que todos os seus pensamentos estão voltados para um desejo de vingança contra seu irmão, Itachi, responsável pelo fim do clã Uchiha. Além disso, ao contrário de Naruto, Sasuke é conhecido por sua excelência técnica, o que faz com que Naruto busque sempre ultrapassar o companheiro.
Mesmo assim, a amizade entre eles se fortalece durante a história. Quando Sasuke decide partir da vila de Konoha para treinar com o sannin Orochimaru – parte de sua busca por mais poder, a fim de derrotar seu irmão – Naruto faz uma promessa de trazê-lo de volta. Ele mantém sua promessa e nunca desiste do amigo, mesmo quando as escolhas de Sasuke colocam os dois em lados diferentes das batalhas ninja.

Sakura Haruno
Sakura é o terceiro membro da equipe chuunin, amiga e primeiro interesse amoroso de Naruto. Ela é muito inteligente, embora sua habilidade em batalha seja limitada quando comparada à de seus companheiros. A princípio, sua maior motivação para ser uma ninja é estar perto de Sasuke, por quem está apaixonada. Com o tempo, porém, ela descobre uma vocação como ninja médica, se dedicando a cuidar e curar outros ninjas feridos em batalhas e missões. É ela quem pede a Naruto que salve Sasuke quando ele abandona a vila de Konoha.

Homem-aranha

Posted on: Março 13th, 2015 by Equipe HnP No Comments

1peter-parker-wiki

 

 

Homem-aranha

 

Surgimento

O Homem-aranha é um super-herói da editora americana de quadrinhos Marvel. Ele foi criado pelo famoso autor Stan Lee e pelo desenhista Steve Ditko, e apareceu pela primeira vez na revista Amazing Fantasy #15, de 1962.
A verdadeira identidade do Homem-Aranha é a do adolescente Peter Benjamin Parker. O fato de um super-herói principal ser retratado como um jovem já foi, em si, uma novidade trazida pelo Homem-Aranha ao mundo dos quadrinhos. Afinal, nos anos 60 os heróis mais jovens eram sempre retratados como personagens secundários, “ajudantes” dos heróis principais. Esse é o caso, por exemplo, de Bucky – ajudante do Capitão América, e de Robin – ajudante do Batman.
Como o Homem-aranha não tem um mentor, mas descobre aos poucos seu próprio caminho, ele foi um herói com o qual muitos adolescentes dos anos 60 puderam se identificar. Em suas historias, ele tem que lidar com sentimentos de solidão, com a sensação de que não se encaixa em lugar nenhum, e tem que descobrir como lidar com seus novos poderes e com suas consequências.

História
Peter Parker surge como um órfão. Seus pais, Richard e Mary Parker, morrem em um acidente de avião, o que deixa Peter para ser criado por seus tios – May e Ben. Peter vive com seus tios em Forest Hills, na região do Queens, em Nova York. Ele é um adolescente apaixonado por ciências. Em uma determinada exposição científica, ele é picado por uma aranha radioativa, e ganha super poderes: força e a habilidade de escalar paredes. 
Inicialmente, Peter vê seus novos poderes apenas como uma oportunidade de melhorar de vida. Ele cria um pseudônimo e uma fantasia, e começa a ganhar dinheiro exibindo suas habilidades. Porém, sua irresponsabilidade e indiferença acabam resultando em uma terrível tragédia; Peter se omite em parar um bandido em fuga, e o mesmo bandido acaba assassinando seu tio Ben. Esse fato leva Peter a se tornar, realmente, o super-herói Homem-Aranha e entender o significado das palavras de seu tio de que: “Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”.
Mesmo com sua vida secreta como herói, Peter ainda enfrenta problemas normais, como uma rivalidade com o colega de escola Flash Thompson, idas e vindas amorosas com a namorada Gwen Stacy, o chefe complicado J. Jonah Jameson e um melhor amigo um pouco atormentado, Harry Osborne. Conforme a história de Peter e sua vida como o Homem-Aranha se desenvolvem, ao longo de mais de 50 anos de publicação e diferentes revistas e linhas de história, estes personagens ganham mais e mais complexidade. Além disso, muitos outros também se juntaram ao universo do super-herói.
Entre os muitos acontecimentos vistos ao longo da história do Homem-Aranha, ele inclusive já “morreu”, na revista The Amazing Spiderman #700. Porém, ele retornou na edição final de The Superior Spiderman.

Principais inimigos
O Homem-Aranha tem uma lista de inimigos bastante longa. A maior parte deles surgiu com o uso incorreto de superpoderes resultantes de acidentes científicos. Os principais são:

– Duende Verde
O Duende Verde apareceu pela primeira vez em The Amazing Spiderman #14. Ele foi um super-vilão encarnado por muitas pessoas, mas o primeiro e mais importante homem a vestir essa mascara foi Norman Osborne, pai do melhor amigo de Peter, Harry Osborne. Com o desenrolar da história, Norman é derrotado e acaba sendo morto acidentalmente por seu planador, e o próprio Harry eventualmente se torna o Duende Verde.
Os poderes do Duende Verde são obtidos através de um composto químico chamado de “Goblin Formula”, além de uma serie de acessórios tecnológicos. Ele tem força, velocidade, resistência, capacidade de regeneração e inteligência acima do normal, mas o uso da fórmula custa a sanidade do indivíduo que se torna o Duende Verde.

– Dr. Octopus
A identidade real do vilão Dr. Octopus é Dr. Otto Gunther Octavius, um cientista louco que apareceu pela primeira vez em The Amazing Spiderman #03. Otto era um brilhante físico nuclear, professor e inventor. Porém, Otto teve uma vida pessoal atribulada desde a infância, e seu temperamento piorou quando sua mãe morreu e seu noivado com a mulher que ele amava acabou.
Como resultado, Otto se tornou menos cuidadoso em seu trabalho, o que levou a um terrível acidente. Foi nesse acidente que os tentáculos robóticos que Otto usava para trabalhar se fundiram ao seu próprio corpo, dando superpoderes ao cientista.

– Venom
Venom, o Simbionte, é uma criatura alienígena quase sem forma que precisa ocupar um hospedeiro para sobreviver – ao mesmo tempo que aumenta os poderes desse hospedeiros. A criatura juntou-se a vários inimigos do Homem-Aranha. O primeiro a agir como Venom foi, na verdade, o próprio Peter Parker.
O Simbionte apareceu pela primeira vez na revista Marvel Super Heroes Secret Wars #8. Quando finalmente Peter consegue se livrar da criatura, fica claro que Venom é vulnerável ao fogo e ao som. Em seguida, ele passa a habitar o corpo de Eddie Brock. Venom assume uma aparência muito parecida com a do Homem-Aranha, exceto pelas cores, preto e branco.

Namoradas
Ao longo de sua adolescência e vida adulta, Peter Parker tem uma serie de relacionamentos. Dois deles, porém, são particularmente marcantes para sua personalidade como Peter e também como Homem-Aranha.

– Gwen Stacy
Gwen Stacy é a primeira namorada marcante de Peter Parker. Ela apareceu pela primeira vez em The Amazing Spiderman #31 e foi morta pelo Duende Verde na edição #121. Mesmo assim, ela ainda é mencionada em historias muito posteriores a sua morte, o que indica o quanto ela foi importante no desenvolvimento de Peter e do Homem-Aranha.
Eles se conhecem enquanto estudam juntos na Empire State University. O relacionamento dos dois foi muito atribulado, especialmente por que o pai de Gwen foi morto durante uma batalha entre o Homem-Aranha e Dr. Octopus. Gwen morre sem saber que Peter Parker e o Homem-Aranha são a mesma pessoa.

– Mary Jane Watson
Mary Jane, ou M.J., aparece pela primeira vez em The Amazing Spiderman #15. No começo, ela não tinha um relacionamento com Peter, já que ele estava namorando com Gwen Stacy. Porém, com a morte de Gwen, os dois se aproximaram mais – até o ponto em que Mary Jane descobriu a identidade secreta de Peter e, mais à frente, os dois se casaram e constituíram uma família.
Embora haja muitas discussões sobre qual dos relacionamentos de Peter foi mais significativo – Gwen ou Mary Jane, M.J. com certeza se aproximou mais dele, como amiga e companheira.