Fanpage

Como Aprender A Pintar Desenhos

Posted on: Janeiro 27th, 2018 by Hyoga

Como aprender a pintar desenhosComo Aprender A Pintar Desenhos

Índice da Matéria ‘Como Aprender A Pintar Desenhos’ 

  1. Quer saber como aprender a pintar desenhos? Comece pelo material!
  2. Começando a pintar desenhos
  3. Como aprender a pintar desenhos – Dica Quente!

Você gosta de desenhar, mas sempre quis saber como aprender a pintar desenhos? Normal, pois os lápis de cor possuem diversas funcionalidades para artistas iniciantes ou experientes.

São portáteis, não são tóxicos, são fáceis de usar e claro, dependendo da marca e da qualidade do lápis de cor escolhido, eles podem ser mais baratos ou não.

Para os interessados em como aprender a pintar desenhos, os lápis de cor são indispensáveis.

O bom é que não existe nenhum segredo em como aprender a pintar desenhos utilizando o lápis de cor, ao menos não como as pessoas costumam imaginar, mas claro que existem algumas técnicas que podem facilitar o uso, além da prática que pode garantir que o desenho fique incrível, além do desenvolvimento de novas técnicas de pintura.

Quer saber como aprender a pintar desenhos? Comece pelo material! 

Como-aprender-a-pintar-desenhos

Caso seja a primeira vez que você vá pintar um desenho e esteja interessado em saber como aprender a pintar desenhos, você pode começar com um conjunto simples de 12 a 24 cores de lápis de cor para conseguir decidir se o material te agrada ou não.

Existem muitas opções e marcas que atendem a todo tipo de pinturas, sejam paisagens, retratos ou outros.

As melhores e mais caras marcas costumam ser as mais duradouras. Lembrando também que os lápis de cor são melhores para contornos e podem deixar as cores muito mais fortes.

Fizemos outra matéria onde falamos mais sobre materiais de pintura que você pode conferir AQUI.

⇒ Leia também: Aprenda A Desenhar do Básico Até Criar Sua Primeira História Em Quadrinhos

Começando a pintar desenhos

Antes de começar é importante saber que a forma com a qual você segura o lápis influencia diretamente sobre os traços de pintura que serão feitos.

Apenas com alguns rabiscos você já saberá onde pressionar com mais firmeza sobre o papel com resultados escuros e densos.

Sabendo como segurar corretamente seu lápis você já pode começar com dicas básicas para criar volumes com o lápis de cor em seus desenhos!

Desenhos que começam de dentro para fora e possuem volume de profundidades exigem traços de lápis de cor que sigam contornos a textura e a forma do tema que será pintado.

Mas, independente da técnica escolhida é sempre importante que as cores sejam adicionadas de forma gradual sem pressão no lápis, que deve ter a ponta afiada.

Quando você aplica a cor de forma pesada ou fazendo tudo de uma vez acaba vencendo sua capacidade de utilizar técnicas e características exclusivas e translucidas do lápis de cor, pois ele estará completamente dominado.

Como-aprender-a-pintar-desenhos-2

As cores também podem acabar se misturando umas com as outras, e isso acontece por causa da translucidez do lápis de cor, a contaminação fica mais aparente quando uma cor escura é arrastada para a cor clara.

Para evitar que isso aconteça nas áreas claras, o ideal é que a cor clara seja puxada para a escura.

Lembre-se então de pintar o mais escuro primeiro, sempre em uma determinada área e então adicionar as cores mais claras na parte superior do desenho.

Essa translucidez do lápis de cor faz com que as cores mais escuras apareçam através das cores mais claras que foram pintadas sobre eles, enquanto as mais claras mantêm firmes as suas visibilidades.

Existem também outras dicas, nesse artigo aqui já falamos sobre outras técnicas que podem te ajudar!.

Como aprender a pintar desenhos – Dica Quente!

Para quem realmente quer saber como aprender a pintar desenhos esta super dica vai ajudar você a dominar as cores, além de ajudar a entendê-las!

Faça o seu próprio catálogo de cores. Pegue seu material de pintura, um papel de desenho e pinte uma pequena amostra de cada cor que você tem.

Anote o nome ou número acima ou abaixo de cada amostra.

Fazer o catálogo permite enxergar exatamente como a cor fica no papel que você usa.

Além disso, o exercício de pintar amostras ajuda você a se concentrar e perceber as possibilidades de uso de cada cor.

Essas são só algumas dicas rápidas. Existem algumas outras técnicas (inclusive sobre como pintar usando photoshop).

Para saber muito mais sobre como aprender a pintar seus desenhos e também se aprofundar no assunto clique aqui.

Use as dicas acima para pintar seus desenhos ou desenhe qualquer objeto que você possa aplicar as técnicas de cores claras e escuras, principalmente as técnicas de pintura com o lápis de cor para quem deseja aprender como pintar desenhos.

Quais outras dicas você gostaria de ver por aqui? Mande pra gente! 😉

Como Trabalhar Como Desenhista Profissional

Posted on: Janeiro 17th, 2018 by Hyoga


Como trabalhar como desenhista: aqui você saberá como trabalhar com desenho de forma autônoma ou por contrato

Índice da Matéria ‘Como trabalhar como desenhista

  1. Como trabalhar como desenhista
  2. Como trabalhar com desenho: Trabalhar em casa
  3. Como trabalhar com desenho: Seja um quadrinista profissional
  4. Como trabalhar como desenhista também exige esforço e dedicação

Como trabalhar como desenhista

Se você deseja saber como trabalhar como desenhista, saiba que você pode conquistar um contato fixo com editoras, jornais, revistas, agências de publicidade e diversas escolas de artes. Ou então, você também pode trabalhar como autônomo, montar seu próprio negócio e criar uma relação direta com seus clientes, o que também é uma ótima opção de como trabalhar com desenho.

São várias as oportunidades e provavelmente parte do seu trabalho (ou todo ele) pode ser desenvolvida dentro da sua própria casa.

Para os que ainda estão querendo aprender como desenhar e não conseguiram montar seu próprio estúdio de desenho, existem diversas opções, como por exemplo começar trabalhando em alguns cafés, nos parques e nas praças, espaços coworking e também um home office.

Como trabalhar com desenho: Trabalhar em casa

Para os que decidem montar o próprio negócio, é preciso entender que nem sempre conseguirá finalizar o trabalho quando o dia estiver no fim, ou quem sabe até fechar a semana na sexta-feira.

Se você que deseja saber como trabalhar como desenhista de pijama, sem camisa, do jeito que desejar isso sem dúvidas interferirá na qualidade do trabalho que você estiver realizando.

Lembre-se de que trabalhar em casa não significa que você poderá dormir até as onze da manhã, passar o dia assistindo televisão, bebendo cerveja ou ouvindo música alta, além claro de poder sair a qualquer momento para um passeio e compras.

Trabalhando em casa você também terá responsabilidades, pois receberá apenas pelo que produzir, portanto se nada produzir, nada receberá.

Isso é algo muito importante de ser ter em mente para quem quer saber como trabalhar com desenho.

Para trabalhar em casa tranquilamente como desenhista, separe o momento de trabalho e de convívio com a família, é essencial que durante o expediente você não esteja disponível para realizar nenhuma outra atividade.

Com esses limites estabelecidos você conseguirá concentrar tudo em sua produtividade e a tarefa de como trabalhar como desenhista ficará mais fácil pra você.

Por essa razão, o ideal é que você crie seu escritório dentro de casa em um ambiente sem qualquer movimentação, um cômodo calmo e silencioso, com boa iluminação e que seja arejado.

Tenha um espaço separado para organizar seu material de desenho, seu computador e o que mais você utiliza.

Você também precisará de uma mesa e uma cadeira boas e confortáveis. Evite a televisão e a geladeira ou seu rendimento no trabalho acabará sendo comprometido.

Tenha um horário fixo e organize corretamente as suas tarefas e não perca os prazos de entrega, sempre estabelecendo as metas para a sua produção.

como-trabalhar-com-desenho

Como trabalhar com desenho: Seja um quadrinista profissional

Uma outra opção muito interessante para quem quer saber como trabalhar como desenhista é a de ser um quadrinista profissional.

Todos que cresceram lendo mangás ou comics, especialmente os leitores aqui do site, quando pensam em como trabalhar com desenho a primeira coisa que vem a cabeça é ser um mangaká ou quadrinista!

Já fizemos uma matéria mais detalhada sobre essa tema aqui no site, que você pode conferir clicando abaixo:

Como Se Tornar Um Quadrinista Profissional No Brasil

Como trabalhar como desenhista também exige esforço e dedicação

Trabalhar como desenhista é tranquilo e fácil, principalmente se esse trabalho for desenvolvido em casa.

Mas, como todo trabalho, quem quer saber como trabalhar como desenhista deve ter em mente que também exigirá esforço e dedicação.

Lembre-se de manter a organização e realizar a entrega dos seus trabalhos sempre dentro dos prazos combinados, isso ajudará e fará com que você construa uma reputação no mercado, mas claro, tenha sempre tempo também para desenvolver e buscar referências e novos conhecimentos.

Se você já é desenhista, está trabalhando em casa e deseja adquirir mais conhecimento, conheça o curso Aprendendo a Desenhar do Básico Até Criar Sua Primeira História Em Quadrinhos (que inclusive é de onde eu tiro 99% das dicas que eu mando pra vocês).

É um curso excelente com 20 aulas em vídeos (além de vários ebooks bônus). Rápido e prático, é o curso ideal para quem deseja incluir novos conhecimentos ao trabalho e aumentar assim a produtividade e a quantidade de clientes! Faça o curso e conquiste ainda mais clientes!

Como Aprender A Desenhar Retratos (Desenho de Retrato Para Iniciantes)

Posted on: Janeiro 16th, 2018 by Hyoga


Como Aprender A Desenhar Retratos: Desenho de Retrato Para Iniciantes De Forma Prática

Índice da Matéria ‘Como Aprender A Desenhar Retratos (Desenho de Retrato Para Iniciantes)’

  1. Como aprender a desenhar retratos
  2. Como aprender a desenhar retratos: os olhos
  3. Como aprender a desenhar retratos: O nariz
  4. Como aprender a desenhar retratos: a boca
  5. Desenho de retrato: Informações e Links Importantes

Como aprender a desenhar retratos

Para saber como aprender a desenhar retratos é importante não hesitar na hora da escolha da imagem a reproduzir.

Procure para como aprender a desenhar retratos, escolher uma imagem que tenha uma boa resolução e tenha seus pequenos detalhes à mostra.

Algumas revistas por exemplo, possuem imagens legais, mas você pode também utilizar a internet para a escolha do desenho de retrato a ser feito.

Lembrando que para saber como aprender a desenhar retratos é importante lembrar que uma foto para desenho de retrato precisa ter um contraste marcante entre luz e sombra, para que dessa forma seu desenho fique ainda mais bonito.

Para começar, é necessário criar um esboço, que nada mais é do que o contorno dos traços dessa imagem.

Começando pelo esboço você estará garantindo que a imagem fique proporcional ao resto do desenho, pois como os detalhes da imagem ainda não foram criados, se o desenho não estiver proporcional você poderá apagar e redefinir quantas vezes forem necessárias, principalmente quando perceber que o desenho não está de acordo com a imagem escolhida para o desenho de retrato.

Por exemplo, quando um olho acaba ficando maior que o outro, quando a boca fica menor ou acaba saindo um pouco torta, ou seja, você precisará apagar esses detalhes, aumentando assim suas horas de trabalho.

Com o esboço, na hora dos detalhes de quem está querendo saber como aprender a desenhar retratos, tem mais tempo para os detalhes, sombreamentos, pois assim seguem os riscos já criados anteriormente.

Para criação do esboço é necessário criar riscos leves para que assim fique mais fácil cobrí-los na hora do sombreamento.

Confira a seguir algumas dicas para criar desenho de retrato de partes do rosto, a partir de uma fotografia.

Como aprender a desenhar retratos: os olhos

como aprender a desenhar retratos

Para desenhar os olhos e saber como aprender a desenhar retratos, utilize um lápis 2B de acordo com a cor dos olhos que serão desenhados.

Comece com a íris dos olhos com o lápis sem aplicar força, ou seja, você tem que fazer a íris com calma até alcançar a mesma textura da fotografia que estiver utilizando como modelo. Atente-se a isso na hora que estiver fazendo o seu desenho de retrato.

Caso o contorno dos olhos tenha um risco forte, utilize a borracha para apagar até que ele suma, com um lápis crie novamente de forma mais suave e com cuidado para não ultrapassar o tom original.

Crie os cílios com riscos finos e leves, fazendo com que não apareça muito. Faça o mesmo no outro olho e crie o sombreamento no contorno dos olhos.

Como aprender a desenhar retratos: O nariz

desenho-de-retrato

Se você está interessado em saber como aprender a desenhar retratos, desenhar um nariz exige contornos com sombra mais forte, mas sombra e não riscos.

Não deixe que apareçam riscos em um desenho de retrato realista, isso deve acontecer apenas nas sombras.

O orifício do nariz exige uma sobra bastante escura, que deve ser feita com um lápis mais forte como o 3B por exemplo.

Como aprender a desenhar retratos: a boca

retrato-desenhoAcaba sendo um “retrato desenho

A boca é uma parte no desenho de retrato que exige mais atenção e paciência na hora de criar o desenho e saber como aprender a desenhar retratos, principalmente se a foto escolhida como base a pessoa esteja sorrindo, pois os dentes são mais difíceis de se desenhar, algo que leva um pouco mais de tempo e prática para começar a dar certo.

A boca das mulheres possui mais brilho do que o resto do rosto e é mais escura.

Os brilhos da boca feminina devem ser fiéis também no desenho de retrato, eles ficam em evidência deixando assim algumas partes em claro nos lábios, assim como nas fotos.

Os sulcos dos lábios devem receber uma pequena evidência de luz.

Para finalizar o seu desenho de retrato e se certificar de que agora sabe como aprender a desenhar retratos, basta avaliar ele cuidadosamente e verificar se algo não ficou conforme o retrato utilizado e melhorar o que achar melhor.

Utilize uma boa borracha para consertar os erros, principalmente se tiverem ficado manchas nas margens do papel.

Desenho de retrato: Informações e Links Importantes

É interessante saber que essas dicas não vão ajudar a fazer desenho de retrato, mas também te ajudarão com desenhos de forma geral!

É claro que aqui são só dicas rápidas e mais superficiais.

Se quiser saber mais e também se aprofundar em como desenhar, olhe também o Aprendendo a Desenhar do Básico Até Criar Sua Primeira História Em Quadrinhos (de onde eu tiro 99% das dicas do site). Para saber mais pode clicar AQUI.

 

 

Desenhos Fáceis: Como Aprender A Desenhar Desenhos Fáceis De Fazer No Caderno

Posted on: Janeiro 15th, 2018 by Hyoga

desenhos fáceis de desenhar no caderno

Nessa matéria você conseguirá aprender a fazer desenhos fáceis, tais como: desenhos fáceis de desenhar no caderno, desenhos faceis de desenhar de animais e outros.

Índice da Matéria ‘Desenhos Fáceis: Como Aprender A Desenhar Desenhos Fáceis De Fazer No Caderno’

  1. Desenhos Fáceis: Como faço para aprender a desenhar?
  2. Desenhos Fáceis: Desenhos fáceis de desenhar no caderno
  3. Desenhos Fáceis: Animais fáceis de desenhar
  4. Desenhos Fáceis: Como aprender desenhos fáceis de desenhar no caderno e todo tipo de desenho com um curso de desenho online

Muitas pessoas possuem o sonho de aprender a desenhar, trabalhar com seus desenhos ou mesmo produzir os seus próprios quadrinhos. Mas muita gente acaba deixando esse sonho passar, pelos mais diversos motivos, uns por acharem que não tem o “dom” para desenhar (veremos como esse pensamento é errado), seja por falta de tempo ou então falta de dinheiro. Por isso um curso de desenho online pode ser uma boa alternativa para algumas pessoas.

Eu não sei como você chegou nessa matéria, talvez você já acompanhe o nosso site ou talvez tenha digitado alguma dessas pesquisas: Como faço para aprender a desenhar, aprender a desenhar desenhos fáceis, desenhos fáceis de desenhar no caderno, animais fáceis de desenhar, desenhos fáceis para aprender a desenhar, aprender a fazer desenhos fáceis, desenhos fáceis de desenhar de animais.

O mais importante disso é que se você chegou até aqui é um sinal de que você está querendo realizar o seu sonho e está um passo mais próximo de conseguir aprender a desenhar e ISSO é muito importante. Quero te dar os parabéns por sua iniciativa!

O que você vai ver aqui é como fazer para aprender a desenhar qualquer coisa, mesmo que você não saiba nem desenhar palitinhos, até conseguir fazer seu primeiro quadrinho caso queira!

Então vamos à matéria?

Desenhos Fáceis: Como faço para aprender a desenhar?

Como faço para aprender a desenhar
Você finalmente descobrirá como aprender a desenhar desenhos fáceis

Muita gente nos pergunta “como faço para aprender a desenhar“. Caso você esteja começando, o ideal é começar a aprender a fazer desenhos fáceis.

Nós já fizemos aqui no site uma matéria com desenhos fáceis para aprender a desenhar, você pode ver essas dicas para aprender a desenhar desenhos fáceis AQUI.

Vendo essa matéria já é o primeiro passo que você dará para a resposta dessa dúvida de “como faço para aprender a desenhar”.

Desenhos Fáceis: Desenhos fáceis de desenhar no cadernoaprender a desenhar desenhos fáceis

Existem técnicas para aprender a fazer desenhos fáceis que vamos mostrar aqui

O  primeiro passo para não só aprender a fazer desenhos fáceis de desenhar no caderno, mas também aprender a desenhar qualquer coisa, é mudar a sua visão de como você enxerga as coisas.

“Mas como assim?”

Você deve olhar para as coisas e não somente copiar, e sim tentar entender como aquela imagem é composta.

Quer ver um exemplo de como faço para aprender a desenhar algo bem simples? Pense em uma maçã, que é um dos desenhos fáceis para aprender a desenhar.

Qual é a forma geométrica de uma maçã? Um círculo, certo? Sabendo disso você já tem o primeiro passo para desenhar a sua maçã até mesmo sem nem precisar olhar!

Esse é um exemplo bem simples, mas você pode aplicar isso a TUDO!

Qualquer desenho que você for fazer ficará bem mais simples se você aplicar essa técnica.

No e-book gratuito com as 17 melhores dicas para aprender a desenhar nós entramos em maiores detalhes sobre essa técnica e sobre como fazer isso. Você pode baixar clicando aqui.

E quais seriam desenhos fáceis de desenhar no caderno? Nós separamos alguns desenhos para iniciantes bem fáceis de desenhar no caderno, você pode conferir aqui na matéria Desenhos Para Iniciantes: 3 Dicas de Desenhos Fáceis de Fazer.

Desenhos Fáceis: Animais fáceis de desenhar

animais fáceis de desenhar
Aqui você verá Desenhos fáceis de desenhar de animais e também outros desenhos fáceis para aprender a desenhar

Animais fáceis de desenhar é uma outra dúvida dos leitores do site. Desenhos fáceis de desenhar de animais são menos vastos na internet do que de pessoas.

Aqui nós temos dois artigos sobre animais fáceis de desenhar, vamos a eles?

O primeiro dos animais fáceis de desenhar é o gato. Para conferir como faz é só conferir esse artigo:

Como Desenhar Gato (Para Iniciantes)

O segundo dos animais fáceis de desenhar é o cavalo. Confira:

Como Aprender a Desenhar Um Cavalo

No Aprendendo a Desenhar do Básico Até Criar Sua Primeira História Em Quadrinhos (que é de onde eu tiro 99% das dicas do site) você encontra aulas em vídeo sobre animais fáceis de desenhar.

Com ele você terá exemplos de desenhos fáceis de desenhar de animais, para saber mais você pode clicar AQUI.

Desenhos Fáceis: Como aprender desenhos fáceis de desenhar no caderno e todo tipo de desenho com um curso de desenho online

Curso de desenho online
Você já viu até como desenhos fáceis de desenhar de animais, mas como pego um “atalho” pra desenhar qualquer coisa, como desenhos fáceis para aprender a desenhar e até mais complexos?

O caminho mais fácil e rápido para responder a pergunta “como faço para aprender a desenhar” seria um curso de desenho online.

Com um curso de desenho online, mesmo quem não tem tempo ou mesmo dinheiro para deslocamento ou cursos presenciais caros,  consegue fazer e assim aprender a desenhar desenhos fáceis e até os mais complexos.

Aqui em nosso site temos um curso de desenho online gratuito para quem realmente não tem nem um dinheiro. Você pode conferir o curso de desenho online gratuito do HnP clicando aqui.

E, caso queira aprender algo mais avançado, dá uma olhada também no Aprendendo a Desenhar do Básico Até Criar Sua Primeira História Em Quadrinhos, onde você não só vai aprender a desenhar do básico, mesmo que não entenda nada de desenhos, até conseguir montar a sua primeira história em quadrinhos!

Vale muito a pena conferir.

Espero que todas essas indicações possam ter ajudado você.

 

Como Aprender A Desenhar Um Cavalo

Posted on: Janeiro 14th, 2018 by Hyoga

Como aprender a desenhar um cavalo

Os cavalos são extremamente populares entre os artistas profissionais e amadores do ramo de desenho. Por essa razão, muitas pessoas desejam saber como aprender a desenhar um cavalo.

Eles são populares em qualquer trabalho de arte não só atualmente, mas durante todos os anos. Há casos em que se encontram desenhos de cavalos feitos por homens pré-históricos.

Confira a seguir o que você precisa e um passo a passo para saber como aprender a desenhar um cavalo a partir de um ponto de vista. São dicas simples que podem facilmente ser aprendidas por artistas, independente do nível de habilidade do desenhista.

Passos para como aprender a desenhar um cavalo

O primeiro passo para saber como aprender a desenhar um cavalo é o esboço.

Lembrando que esse esboço não fará parte do desenho final, com o passar do tutorial esse esboço será apagado e substituído por novas linhas no passo de como aprender a desenhar um cavalo.

Esse esboço na verdade servirá apenas como uma fundação do que será construído nos próximos passos do desenho do cavalo.

Como-aprender-a-desenhar-um-cavalo-01

Para começar, basta desenhar dois círculos que serão a parte da frente e a traseira do corpo do cavalo. Acrescente a esses dois círculos o pescoço e a cabeça.

A cabeça pode ser desenhada através de um triangulo retângulo com os cantos arredondados.

O pescoço nesse primeiro passo de como aprender a desenhar um cavalo  será apenas uma linha simples que ligará a cabeça ao círculo mais próximo que é o corpo do cavalo.

Já no segundo passo, você deve acrescentar orientações para as pernas do cavalo.

Como-aprender-a-desenhar-um-cavalo-02

Lembrando que para saber exatamente como aprender a desenhar um cavalo é importante lembra-se que as pernas do cavalo são grossas e possuem músculos em seu topo, mas ficam muito mais magras conforme vai se aproximando dos cascos do cavalo.

Crie o desenho superior das pernas do cavalo como na imagem. Para as pernas superiores utilize curvas e formas, lembrando que nesse passo, as pernas do cavalo de quem deseja aprender a desenhar um cavalo serão representadas apenas por linhas e retas individuais.

Esse trabalho cria orientações para o resultado final, ou seja, você deverá substituir essas linhas na reta final do desenho.

O próximo passo já começa a se aproximar do que será o resultado do desenho de quem deseja aprender a desenhar um cavalo.

Como-aprender-a-desenhar-um-cavalo-03

Comece apagando o triângulo que você criou para representar a cabeça do cavalo desenhado. Com isso, vá criando a cabeça dele conforme mostra a imagem.

Não deixe de ter atenção ao ângulo da mandíbula e ao ângulo da cabeça até a metade do focinho do cavalo. As orelhas e demais detalhes do rosto do cavalo serão feitos nas próximas etapas.

Lembre-se de anexar o pescoço ao corpo. Para isso, desenhe a primeira metade do dorso do cavalo em uma curva a diretriz do círculo.

Na próxima etapa aperfeiçoaremos ainda mais a aparência do cavalo de quem deseja aprender como desenhar um cavalo…

Como-aprender-a-desenhar-um-cavalo-04

A linha criada para representar as curvas de volta do cavalo deve voltar-se para como ele vai até a extremidade traseira. Nesse momento podem ser apagados os círculos que foram criados para a orientação do corpo do cavalo.

Na próxima etapa, com o desaparecimento dos círculos o cavalo começa então a surgir…

Como-aprender-a-desenhar-um-cavalo-05

Como você que deseja saber como aprender a desenhar um cavalo apagou os círculos, podemos ver na imagem como o cavalo já está tomando forma.

Na frente do cavalo, o peito dele está mais baixo, direcionado para o chão, mas as curvas são para cima, à medida que volta para o ventre e suas patas traseiras.

Nessa etapa você deve apagar as orientações criadas para as pernas dianteiras e traseiras e desenhar as novas pernas conforme na imagem abaixo.

Como-aprender-a-desenhar-um-cavalo-06

Desenhe as pernas do cavalo lembrando sempre de ter atenção em como as pernas são curvas, respeitando também os detalhes dos joelhos e tornozelos.

Desenhe também as pernas que ficarão do outro lado do cavalo, essas não ficarão visíveis e terão um formato diferente das pernas que vemos.

Como-aprender-a-desenhar-um-cavalo-07

Tenha atenção aos ângulos das linhas nos joelhos e cascos do cavalo.

Agora serão adicionadas as orelhas e demais detalhes do cavalo. As orelhas são adicionadas ao ponto mais alto da cabeça.

Desenhe também a cauda e a crina do cavalo, que podem ser conforme o desenho abaixo ou do jeito que você preferir, afinal, existem cavalos com a crina mais curta na cabeça e a cauda mais longa e alguns com cabelos mais longos e grossos.

Para aprender como desenhar um cavalo faça conforme você deseje que seu desenho seja!

Como-aprender-a-desenhar-um-cavalo-08

Se quiser saber como desenhar outros animais, ou então mesmo como desenhar qualquer coisa (mesmo que você não saiba nem desenhar palitinhos), veja o Aprendendo a Desenhar do Básico Até Criar Sua Primeira História Em Quadrinhos (que é de onde eu tiro a maior das dicas do site pra manter a confiabilidade). Caso queira saber mais pode clicar AQUI.

Presentes: DE e PARA Desenhistas

Posted on: novembro 24th, 2017 by Equipe HnP News

O fim do ano pode estar chegando, ou mesmo algum aniversário, e você provavelmente pensou ou está pensando em dar desenhos seus como presente ou “lembrancinha” de Natal. É uma ótima ideia, mas você deve ter alguns cuidados básicos para ser bem sucedido. Veja as dicas abaixo:

  • Considere os gostos e preferências das pessoas que vai presentear – se o seu pai curte jardinagem, faça um desenho de plantas ou flores, por exemplo. A grande vantagem do presente feito por você e não comprado em loja é a personalização. Pense com carinho nas pessoas e faça desenhos que tenham algo a ver com elas.
  • Capriche na apresentação – nada de usar sulfite escolar fininho com os cantos amassados! Lembre-se, são presentes de Natal! Faça seus desenhos em papel de boa qualidade, e tome cuidado para não deixar marcas de borracha nem manchas de grafite.
  • Embale com cuidado – evite enrolar o desenho. Embora pareça bem charmoso entregar o presente num tubo tipo aqueles de diploma, na hora de abrir e apreciar é uma dificuldade danada, o papel não estica fácil. Coloque o desenho num saco plástico transparente, desses de guardar papel mesmo, e embrulhe junto com um pedaço de papelão grosso cortado no mesmo tamanho, para evitar que amasse.

Veja Também:  Aprendendo a Desenhar do Básico Até Criar Sua Primeira História Em Quadrinhos

E claro, você também receberá presentes de Natal, então que tal aproveitar e pedir materiais de desenho pro Papai Noel? É uma ótima oportunidade de renovar o seu estoque sem gastar nada. Mas tenha alguns cuidados ao fazer seus pedidos:

  • Atenção às condições das pessoas para quem você vai pedir seus presentes – não vá pedir materiais caros para quem não tem muito dinheiro.
  • Uma boa ideia de pedido para o Papai Noel com menos grana é um conjunto de materiais básicos (lápis, papel de desenho daquele mais comum, etc.), que não são caros e dá para encontrar em qualquer papelaria grande.
  • Se for possível pedir algo mais caro, indique onde a pessoa pode comprar o material pelo melhor preço. Muita gente não sabe nem que existem lojas especializadas em material artístico. Claro que a pessoa pode pesquisar na internet, mas não custa facilitar a vida dela, ainda mais se você está pedindo um presente caro.

Veja também: 17 super dicas para que você possa aprender a desenhar

E se por acaso você quiser presentear uma pessoa que tem o sonho de aprender a desenhar, mas não tem muito tempo ou mesmo dinheiro para pagar cursos presenciais caros, conheça o  Aprendendo a Desenhar do Básico Até Criar Sua Primeira História Em Quadrinhos, clique AQUI para saber mais.

Esperamos que essas dicas ajudem você a se preparar para o Natal.

Assim não tem como errar na hora de dar presentes para desenhistas!

Claro que todas essas dicas também valem para outras épocas do ano… ^^

Sobre mais o que você gostaria de ler aqui no blog além das dicas de presentes para desenhistas? Deixe nos comentários ou então nos mande um e-mail com as suas sugestões, beleza? 😉

Abraços,

Até a próxima!

Dicas de material para trabalhar com nanquim

Posted on: novembro 17th, 2017 by Equipe HnP News
material nanquim

Nossas dicas hoje são de material para trabalhar com nanquim, já que na semana passada fizemos um comparativo com as canetas descartáveis. Mesmo que você está tenha decidido experimentar a técnica do nanquim só daqui a um tempo, é aconselhável dar uma olhada nas dicas, para ter uma ideia de quanto precisará investir no futuro. Os preços pesquisados são de novembro de 2017, mês de publicação deste post. Vamos lá:

  • Tinta nanquim – para começar, não vá comprar a melhor marca logo de cara. O nanquim escolar das marcas mais conhecidas como Acrilex e Corfix serve perfeitamente para exercícios e experiências e custa por volta de 2~3 reais o frasco de 20 ml. Na verdade, Acrilex e Corfix são até melhores que muitos importados de marcas desconhecidas.Depois de ganhar mais experiência, você pode procurar um nanquim de qualidade profissional. A marca mais famosa e recomendada é a Talens (35~40 reais o frasco de 30 ml). Há outras opções de boa qualidade como a Staedtler (cerca de 26 reais o frasco de 22 ml) e a Trident (uns 12 reais o frasco de 20 ml).
  • Pena – por 6~7 reais dá para comprar uma pena mosquito, que é perfeita para quem está começando. Quando for investir em penas profissionais, tenha em mente que, diferentes das penas mosquito, elas são vendidas sem o cabo. Uma pena G, a preferida dos desenhistas de mangá, custa cerca de 12 reais e o cabo para ela, 20 reais.
  • Pincel – com nanquim normalmente se usa pincel redondo, de pelo de marta. Você não precisa de muitos pincéis. Um pincel fino e outro um pouco mais grosso são mais que suficientes para trabalhar. Algumas boas opções são os pincéis pelo de marta da Tigre, nº 308 02/0, 308 01 e 308 02 ou da Keramik nº 0, 003 e 4. O preço deles varia entre 10 e 25 reais cada. Confira a numeração com cuidado, pois alguns pincéis, apesar de serem da mesma série, são muito caros (uns chegam a mais de 200 reais!).
  • Papéis – para fazer exercícios e testes, o papel para desenho escolar serve. Quando estiver pronto para investir um pouco mais, escolha papéis de gramatura 150 gr ou mais. O papel especial para mangá é perfeito caso queira usar o nanquim para finalizar uma HQ (o bloco tamanho A4 com 25 folhas custa por volta de 17 reais).

Veja também: Aprenda a desenhar de tudo

Agora é arregaçar as mangas e enfrentar o desafio do nanquim! Avante, desenhista!

Nanquim com pincel e pena ou canetas descartáveis, o que é melhor?

Posted on: novembro 10th, 2017 by Equipe HnP News

Usar nanquim com pincel e pena, ou caneta descartável, o que é melhor? A verdade é que ambos têm vantagens e desvantagens. Decidir qual o melhor depende de suas prioridades e da sua disponibilidade de dinheiro, tempo e paciência. A nossa dica de hoje é um comparativo do uso de nanquim com pincel e pena contra canetas descartáveis. Veja abaixo:

  • A arte com pincel e pena fica muito mais bonita – por conta das variações de traço e dos diversos efeitos que se pode fazer com um pincel ou uma pena, a arte final do desenho sai muito melhor do que se fosse feita com caneta descartável.
  • Embora as canetas descartáveis sejam mais baratas do que um pincel ou pena de boa qualidade, elas duram pouco. A caneta, depois que acaba a carga você tem que jogar fora e comprar uma nova. O pincel e a pena, se bem cuidados, duram para sempre. E um vidro de nanquim tem mais tinta do que a carga de várias canetas. No longo prazo, o custo beneficio do combo pincel+pena+nanquim é superior ao das canetas descartáveis.
  • Por outro lado, o pincel e a pena requerem muita prática e habilidade. Eles não são tão intuitivos quanto as canetas. Você terá que treinar muito, talvez até precise fazer um curso específico para conseguir bons resultados com a pena e o pincel.
  • Pena e pincel não podem ser usados em qualquer papel. Ao contrário das canetas, que dá para usar até num sulfite comum, para um trabalho com pincel e pena, você vai precisar de papéis mais grossos e resistentes.

Veja também: Aprenda a desenhar do zero

Concluindo, acreditamos que um bom desenhista deve, pelo menos, experimentar trabalhar com pincel e pena, por causa do seu excelente resultado artístico. Entretanto, se agora você está com pouco dinheiro e tempo para investir, provavelmente é melhor deixar a experiência com pincel e pena para depois, e optar pelas canetas descartáveis, que são mais práticas e fáceis de usar.

Buscar o conhecimento em várias áreas: um desafio

Posted on: novembro 3rd, 2017 by Equipe HnP News

Buscar o conhecimento é muito importante, sim! Arte, Ciência, História, todo tipo de conhecimento pode ajudar o desenhista a aprimorar a sua arte. Não se trata só de conhecimento técnico (como fazer sombreado com nanquim, por exemplo), mas também de experiências.

Saber como era o dia a dia das pessoas durante a Idade Média pode ajudá-lo a desenhar personagens e cenários de uma HQ de fantasia medieval. Uma boa pesquisa de Zoologia e Botânica vai lhe dar muitas ideias e referências para desenhar monstros. O formato de uma fruta exótica pode servir de base para desenhar uma nave espacial. Enfim, o bom desenhista precisa ter uma boa bagagem de conhecimento em várias áreas. Nossa dica de hoje é de como buscar o conhecimento em várias áreas. Veja abaixo:

  • Não fique dependendo só da internet para buscar o conhecimento – sempre que possível, procure fontes físicas como centros culturais, bibliotecas, museus, feiras e eventos. Ver uma obra de arte em tela ou papel é uma experiência muito diferente de ver no computador ou no celular.
  • Não se deixe levar por preconceitos – com a mente aberta e prestando a devida atenção você pode se inspirar e ter ideias bacanas até mesmo numa loja de artigos de decoração, ou em feiras de artesanato ou de antiguidades. Não se limite a procurar apenas coisas diretamente relacionadas a desenho.
  • Em viagens e passeios, leve um lápis e um caderno tipo sketchbook, e registre tudo o que você achar interessante – ou, se você não se sente à vontade para desenhar em lugares públicos, ou não dá para desenhar na hora, tire várias fotos de posições diferentes. De tempos em tempos, dê uma olhada geral nesses sketches ou fotos. Muitas vezes, uma coisa que achamos curiosa vai nos dar uma grande ideia para desenhar meses, ou até anos depois.

Veja também: Aprenda a desenhar de tudo

E então, agora está disposto a começar a sua busca de conhecimento? Pois fique bem atento para as possibilidades e vá pesquisar/passear/viajar quando puder!

 

Criar História em Quadrinhos: Conheça o Passo a Passo

Posted on: outubro 26th, 2017 by Hyoga

Se você quer aprender a criar história em quadrinhos, saiba que sua habilidade para desenhar (caso já esteja bem desenvolvida) não é o único ponto a ser considerado. Criar uma história em quadrinhos exige um certo planejamento e você deve seguir uma sequência, desde a ideia inicial e o desenho dos personagens até a publicação do seu trabalho.

Confira nesse artigo as etapas básicas e algumas dicas para criar história em quadrinhos.

criar história em quadrinhos

Criar história em quadrinhos: a ideia inicial

A ideia inicial na hora de criar história em quadrinhos pode surgir de diferentes formas: através de um sonho, alguma experiência pessoal, uma cena que você imaginou e criou uma história em torno só para poder retratá-la, entre outras.

Se você ama desenhar, pode ser tentador começar a desenhar sua história em quadrinhos logo, principalmente para criar seus personagens, antes mesmo de definir um roteiro. Porém, o ideal é escrever a história antes, para só depois elaborar os personagens e cenários que farão parte da trama.

Uma dica para começar é resumir os pontos principais da sua narrativa e observar se a ordem em que eles ocorrem é a melhor, podendo fazer mudanças se necessário.

Depois de escrever sua história, chega a hora de elaborar os personagens. Isso envolve a criação gráfica de cada um, com suas características individuais: cabelo, vestimenta e traços étnicos, além do estabelecimento de aspectos como temperamento e história pessoal.

Nessa fase do processo de criar história em quadrinhos, cada personagem deve ser desenhado em diferentes ângulos e exibindo expressões faciais diversas.

Agora é hora de desenhar os cenários que aparecerão durante sua história, com a maior riqueza de detalhes possível.

Tente pensar em todas as cenas do seu roteiro, onde cada uma se passa, para desenvolver as localizações. Ao criar história em quadrinhos, não importa se você desenha os cenários ou personagens primeiro, isso fica a seu critério.

Então vamos agora às dicas mais específicas sobre criar história em quadrinhos? Para ter certeza da confiabilidade de todas as informações tentei tirar quase todas as informações do “Aprendendo a Desenhar do Básico Até Criar Sua Primeira História Em Quadrinhos“.

 

Fazendo um storyboard para criar história em quadrinhos

criar história em quadrinhos

Storyboard nada mais é do que um esboço detalhado de todas as páginas da sua história em quadrinhos.

Depois de estabelecer os eventos de sua narrativa e elaborar os personagens, é hora de criar o storyboard, onde você planeja o tamanho dos quadros, as falas e linhas de movimento.

Para quem está começando, fazer um storyboard pode parecer extremamente trabalhoso ou até um desperdício de tempo, mas saiba que ele é fundamental para que saia tudo da melhor forma na hora de desenhar sua HQ “de verdade”.

É preciso elaborar o storyboard da forma mais completa possível, para que não seja necessário improvisar nada na hora de desenhar as páginas finais de sua história.

O que não estiver no storyboard provavelmente não estará na página final (ou sairá ruim, por ter sido criado às pressas).

A dica para fazer seu storyboard é desenhá-lo sempre com as páginas lado a lado, para visualizar exatamente o que o leitor olhará primeiro cada vez que mudar de página e poder desenhar páginas duplas.

E depois de terminar seu storyboard…dê uma pausa de no mínimo um dia, para descansar, e faça outro storyboard!

Aqui a coisa parece realmente trabalhosa, porém é fundamental para ver o que não ficou bom no primeiro e corrigir esses erros no segundo storyboard.

 

Desenhando as páginas finais de sua história em quadrinhos: quadros e balões de fala

criar historia em quadrinhos

Começar a desenhar as páginas finais da sua história em quadrinhos pode ser a parte mais “assustadora” do processo, afinal, aqui não estamos falando mais de esboços.

Mas não adianta procrastinar, depois de finalizar seu segundo storyboard o melhor é partir logo para o desenho da HQ em si.

O primeiro aspecto a considerar nesse momento é o tamanho dos quadros de sua história em quadrinhos, para não sobrar nem faltar espaço ao colocar os desenhos dentro de cada um deles.

Lembre-se de que o storyboard é a referência para o tamanho e posição dos quadros na hora de executar sua história em quadrinhos.

O espaço entre os quadros é fundamental para o fluxo de leitura de sua história, sendo que o espaço vertical entre os quadros precisa ser sempre maior que o horizontal.

Após o desenho dos quadros, chega o momento de elaborar os balões de fala da história.

Calcule o tamanho que cada balão deverá ter para que comporte as falas do storyboard; lembre-se de que as onomatopeias ocupam mais espaço e por isso precisam ser levadas em consideração na hora de desenhar os balões de fala.

 

Criar história em quadrinhos: chegou a hora de desenhar

Esse é o momento mais esperado (e amedrontador) de todo o processo de criar história em quadrinhos: desenhar “pra valer” os cenários e personagens.

Se você sonha em criar história em quadrinhos mas ainda não se sente seguro(a) quanto às suas habilidades como desenhista, vale muitíssimo a pena fazer um curso de desenho online para se desenvolver e ganhar confiança.

Afinal, será frustrante não conseguir desenhar personagens e cenários cuidadosamente pensados, só por desconhecer as técnicas necessárias.

Agora, é com você: desenhe, desenhe e desenhe. Se algo não sair como você gostaria, apague e redesenhe quantas vezes for necessário, até ficar o melhor possível.

E depois de desenhar tudo, enfim, é hora de redesenhar tudo de novo, só que usando tinta ou um programa gráfico.

Esse processo de redesenhar sua história em quadrinhos é chamado de arte finalização: uma revisão gráfica do seu trabalho.

Na etapa de arte finalização é preciso corrigir elementos que tenham saído dos quadros, linhas dos quadros, personagens, cenários e linhas de movimento.

Siga a ordem sempre do primeiro plano para o último (da frente para o fundo).

Depois de arte finalizar sua história em quadrinhos, chega o momento de escolher uma opção de colorização, a não ser que você tenha escolhido criar história em quadrinhos preto e branco.

Por fim, é hora de divulgar sua história em quadrinhos, seja de forma impressa, digital ou as duas. Claro, nosso site, o heroisnopapel.com, existe para isso e a sua HQ será muito bem vinda aqui! Ficaremos felizes!

Se todo esse processo de como criar história em quadrinhos ainda parece algo muito distante para você, não desanime, clique aqui e conheça o  Aprendendo a Desenhar do Básico Até Criar Sua Primeira História Em Quadrinhos, onde damos o passo a passo de como desenhar do básico, criar história em quadrinhos passo a passo de forma simples e também criar seus roteiros, assim você saberá elaborar seus próprios personagens e realizar seu sonho!