Onomatopeias – como fazer e usar

Onomatopeias são representações de diversos ruídos e sons em uma HQ. Atualmente, elas são o símbolo, a marca registrada do universo dos quadrinhos. Hoje vamos dar algumas dicas de como fazer e usar onomatopeias em suas HQs.

  • Você pode desenhar sua própria fonte ou usar uma que já existe – qualquer que seja a forma escolhida, se tiver criatividade e habilidade vai conseguir bons resultados. Existe uma boa variedade de fontes legais e totalmente gratuitas que você pode baixar da internet. Com um bom editor de imagens dá para alterar, distorcer e acrescentar efeitos nessas fontes prontas. Agora, se você prefere fazer o seu quadrinho totalmente à mão, onomatopeias com letras desenhadas também ficam ótimas se feitas com capricho.
  • Se você quer atingir o público geral, procure usar onomatopeias em português – alguns sons em inglês (caso você queira trabalhar em estilo comics) ficam muito diferentes e o leitor casual pode não entender. No caso de quem faz mangás, ainda tem a agravante de ser uma escrita totalmente diferente.
  • Mas se o seu público-alvo é um nicho (aficcionados em comics americanas ou fãs de mangá), você pode usar o inglês ou o japonês o quanto quiser – desde que você tenha um conhecimento mínimo da linguagem que está utilizando. Alguns fãs de mangá podem torcer o nariz se você usar uma onomatopeia de explosão para um mergulho na água, por exemplo (a não ser que seja uma piada, claro!).
  • Leve em conta o tipo de história e a atmosfera da cena antes de escolher ou criar a fonte para sua onomatopeia – se for uma explosão em uma cena dramática, por exemplo, use letras com design mais agressivo, anguloso, de contorno grosso. Por outro lado, se for uma cena cômica, o melhor é usar letras mais arredondadas e leves, ou de um tipo “fantasia”, com formato engraçado.
  • Leve em conta o tipo de som ao colocar onomatopeias – um barulho distante, de alguma coisa que está acontecendo fora do cenário, é representado com letras pequenas e finas, geralmente colocadas nas bordas do quadro. Um som contínuo como uma sirene pode “vazar” para fora do quadro, indicando essa continuidade visualmente. Tenha sempre em mente que a onomatopeia serve não só para representar sons, mas também para criar atmosfera e dar pistas do que existe fora e além dos quadros.

Veja também: 17 dicas para aprender a desenhar

Essas são apenas algumas dicas de como criar e usar onomatopeias. Esperamos que ajudem você a fazer HQs bem legais!

 

The following two tabs change content below.

Equipe HnP News

Latest posts by Equipe HnP News (see all)