Como Ganhar Dinheiro Com Seus Desenhos

GANHE DINHEIRO COM A SUA ARTE!

Em tempos de crise todo dinheiro que entra é sempre muito bem-vindo, não é mesmo? Que tal usar o seu talento artístico para fins práticos?

Se você está começando mas já consegue fazer umas fanarts boas, e sabe lidar com redes sociais, pode oferecer commissions. Não sabe o que é? Calma, a gente explica.

Commission é desenho de encomenda, quase sempre de personagens. Os pedidos mais comuns são de fanart, mas também há jogadores de RPG e escritores principiantes que querem desenhos dos personagens que eles criaram. Como a esmagadora maioria dos seus clientes será de jovens e adolescentes, não dá para cobrar muito, mas se fizer uma boa divulgação e trabalhar bem, vai receber encomendas com mais frequência do que outros tipos de serviço. Além disso, vai ser bem divertido. Algumas dicas:

  • Estabeleça regras claras – quanto cobra, como recebe o pagamento e se tem alguma restrição.
  • Faça preços diferenciados por tipo de arte. Por exemplo, um valor por um desenho em preto-e-branco, um pouco mais caro por um colorido, e assim por diante. Isso aumenta suas chances de ganhar clientes.
  • Uma boa forma de divulgação é fazer uma espécie de “promoção”. Por exemplo: faça um post em rede social (funciona bem naqueles grupos de fandoms mais apaixonados) e ofereça uma commission de graça para as 5 primeiras pessoas que comentarem. Não esqueça de incluir suas melhores artes no post, para que todos vejam do que você é capaz. Capriche bem nos desenhos e essas pessoas farão muita propaganda positiva para você!

Sobre Fanarts, separamos um VÍDEO aqui pra você no caso de querer saber detalhes como melhorar seus desenhos.

Se você se dá melhor com o desenho em estilo realista, uma opção é fazer retratos. Aí você também pode usar as redes sociais para oferecer seus desenhos, mas o público desse tipo de arte é mais adulto. Dá para cobrar mais do que as commissions, mas as encomendas não são tão frequentes, pois quem é mais velho demora mais para se decidir a gastar.

Se você consegue trabalhar rápido e em qualquer ambiente, pode experimentar ir às ruas e fazer retratos na hora. Mas atenção, só faça isso se você já é maior de idade, tiver boas condições de saúde e esse tipo de atividade for permitido na sua cidade! Trabalhar na rua significa ficar horas exposto ao sol, ao vento, à poeira, e até a assaltos. Não é nada bom para quem não tem boas condições físicas. Portanto, nada de infringir a lei ou prejudicar a saúde por alguns reais, por favor! Agora, se você realmente está em condições e quer tentar, pesquise bastante antes de começar. Lugares bons para tentar vender sua arte são pontos turísticos, praças, parques, feiras de arte e artesanato, enfim, lugares onde as pessoas vão se divertir. Quem está no espírito de relaxar e se divertir normalmente está disposto a gastar um pouquinho mais.

Um tipo de arte que atrai bastante público é a caricatura. A forma de trabalhar é basicamente a mesma do retrato, só que a caricatura também agrada bastante aos jovens e crianças. Se você consegue desenhar mesmo com muito barulho e bagunça à sua volta, pode até se oferecer como atração em festas infantis – apresente amostras de sua arte em casas de festas, creches e escolas. Condomínios onde há muitas crianças também podem ser um bom mercado: converse com o síndico e veja se consegue permissão para deixar cartões ou folhetinhos divulgando seu trabalho para os moradores. A melhor forma de cobrar no caso de festas seria uma taxa por hora, em vez de ser por desenho.

Se além de desenhar pessoas, animais, etc., você também gosta de trabalhar com formas geométricas, letras e grafismos, pode fazer arte para tatuagem. Os tatuadores normalmente possuem o seu próprio portfólio, mas há pessoas que preferem encomendar o desenho da sua tatuagem com um artista que tenha um estilo mais ao seu gosto. Pesquise bastante, você tem que conhecer a técnica e os materiais usados em tatuagem, senão corre o risco de fazer um desenho lindo, mas impossível de tatuar. Divulgue o seu portfólio em locais frequentados por artistas, músicos, praticantes de artes marciais, que são o maior público deste tipo de arte.

Veja também: Como Aprender a Desenhar Treinando 5 Minutos Por Dia

E, finalmente, se a sua grande paixão é HQ, que tal produzir e vender seus próprios gibis? Existem várias formas de fazer isso, cada uma com suas vantagens e desvantagens. Você pode:

  1. Procurar uma gráfica, imprimir alguns volumes e vender por internet ou em eventos. A vantagem é que você tem controle de tudo e liberdade para fazer tudo do jeito que achar melhor. Além disso, todo o dinheiro que ganhar será seu, não vai precisar pagar porcentagem para ninguém. A desvantagem é que você vai precisar de um capital inicial para investir e, se não conseguir vender o suficiente, ficará no prejuízo.
  2. Postar sua HQ para leitura online, gratuitamente, no seu blog ou aqui mesmo no HnP para depois vender volumes impressos com algum material extra como sketches, ilustrações exclusivas, etc. A vantagem desse método é que você começa causando uma impressão positiva nos leitores. Sabendo trabalhar isso, eles ficarão mais dispostos a comprar. A desvantagem é que, mesmo assim, erros de cálculo podem acontecer, ou seja, a chance de ter prejuízo diminui, mas continua existindo.
  3. Cadastrar-se no Social Comics (https://www.socialcomics.com.br/) e postar sua HQ no site. O sistema do Social Comics é parecido com o Youtube. Sua HQ é monetizada a cada vez que um assinante lê. As vantagens são várias: você não gasta com impressão, tem acesso a estatísticas detalhadas do desempenho da sua HQ, e ainda conta com o marketing do site para ajudar a divulgar seu trabalho. A grande desvantagem é que apenas assinantes acessam as HQs do Social Comics, e a assinatura é paga. Ou seja, se você planejava pedir a todos os seus amigos e parentes para entrar no site e acessar a sua HQ só para dar uma força na sua monetização, não vai dar muito certo.
  4. Criar uma campanha de financiamento coletivo em sites como o Catarse para levantar o capital necessário para imprimir sua HQ. A vantagem é que desta forma, mesmo que você não consiga vender tanto quanto imaginava, não terá grande prejuízo, pois o capital inicial não saiu do seu bolso. A desvantagem é que esse tipo de campanha dá muito, mas muito trabalho mesmo.

E aí, ficou animado com todas essas opções para ganhar dinheiro? Então, mãos à obra!

The following two tabs change content below.